Um primeiro de maio classista, de muita luta e de denuncia do golpe em curso! #lulalivre

13/04/2018 - 16:04

O Bloco da Democracia, organizado pela CUT Rio de Janeiro lança o edital para o concurso que irá escolher o samba-enredo do Bloco para o 1° de maio de 2018

Um primeiro de maio classista, de muita luta e de denuncia do golpe em curso! #lulalivre
 

Regras para o concurso:
SAMBA-ENREDO BLOCO DA DEMOCRACIA

1- O Bloco da Democracia, organizado pela CUT Rio de Janeiro lança o edital para o concurso que irá escolher o samba-enredo do Bloco para o 1° de maio de 2018, cujo tema é: Liberdade, Liberdade, abre as asas sobre nós. Lula Livre, o clamor da democracia.

2- O Bloco foi criado por ocasião da comemoração do 1° de maio de 2018, momento fundamental para toda a classe trabalhadora, em meio a um golpe de Estado o maior presidente da história do Brasil foi preso em decorrência de uma condenação sem provas, em meio a luta e resistência da militância. Arrancaremos Lula da prisão política a qual o juizeco de Curitiba lhe conduziu e pelos braços da classe trabalhadora iremos conduzi-lo ao Palácio do Planalto.

3- Os autores do samba vencedor receberão placas de homenagem e premiação em dinheiro de R$ 1.000,00 (um mil reais) com o objetivo de estimular a produção cultural da sociedade e valorizar o trabalho realizado por nossa comunidade artística.

4- Poderá participar do concurso para escolha do samba-enredo do bloco da democracia todo e toda trabalhador ou trabalhadora que esteja indignado frente ao golpe que nos retira direitos e com disposição de luta.

5- Serão considerados inscritos no concurso os sambas entregues até, impreterivelmente, às 16 horas do dia 20 de Abril de 2018, na sede da CUT RJ, situada na avenida presidente vargas 502, 15° andar.

6- Cada compositor/parceria deverá entregar no ato da inscrição 3 (três) cópias da letra do samba. Cópias para distribuição ao público serão de responsabilidade de cada compositor/ parceria. As cópias da letra do samba deverão conter nome completo e “nome de guerra" de cada compositor/es. O não cumprimento destes requisitos acarreta automaticamente a não inscrição do samba no concurso. Não será permitido concorrer com mais de um samba do mesmo autor (compositor).

7- A letra do samba deverá ter como base o clássico enredo “Liberdade, liberdade abre as asas sobre nós”, campeão com o GRES Imperatriz Leopoldinense em 1989, comemorativo aos 100 anos de proclamação da República, bem como a denúncia a arbitrária prisão do presidente Lula em uma condenação com único objetivo de impedir um trabalhador de voltar a presidência da República..

8- A escolha do samba será realizada com todos os sambas inscritos e cada compositor/parceria deverá ter um intérprete para seu samba e um cavaquinhista e/ou violonista para acompanhá-lo.

9- As apresentações serão realizadas a partir das 17:30h na praça Mário Lago (buraco do Lume) em palco e com acompanhamento da bateria do bloco da democracia. A escolha da ordem de apresentação se dará por sorteio realizado no palco com a presença obrigatória de um representante por samba inscrito.

10- Cada samba terá direito a 2 (duas) passadas sem bateria e 2 (passadas) com bateria. Poderá ser alterada para 1 (uma) passada sem bateria e 1 (passada) com bateria se houver número de sambas inscritos que inviabilizem a apresentação de todas as obras. A comissão organizadora trabalhará para que haja boa apresentação de todas as obras e sejam valorizados os compositores e/ou compositora, adotando critérios iguais para todos os sambas.

11- Uma comissão, formada por 5 (cinco) julgadores, selecionará o grande vencedor.

12- Os julgadores da Final do samba deverão atribuir notas para letra e música, SEPARADAMENTE, que variem entre 5 (mínimo) e 10 (máximo). O samba que obtiver maior pontuação, na soma das notas atribuídas pelos jurados, será considerado o vencedor. Em caso de empate, o samba que tiver obtido a maior quantidade de notas 10 (dez) dos jurados será considerado o campeão. Caso persista o empate, o samba que tiver obtido o maior número de notas 9 (nove) será o vencedor e assim sucessivamente. Exemplo: 1ºJur 2ºJur 3ºJur 4ºJur 5ºJur Samba L M L M L M L M L M A 10 9 9 10 10 10 9 9 10 8 B 9 9 9 10 10 10 9 9 9 9 C 7 6 6 7 6 6 5 6 6 7 D 6 7 6 6 7 6 6 5 6 6 E 6 6 5 5 7 7 5 5 8 5 Vencedor Samba A por ter maior nº de notas 10 que o Samba B (5 contra 4). 

13- Fica preservada a soberania e a integridade da Comissão Julgadora.

14- Os casos omissos neste regulamento serão decididos pelo presidente da comissão julgadora.