Batendo Ponto - 12 Edição | 25/11 a 01/12

Confira as notícias da semana.

Escrito por: CUT RJ • Publicado em: 01/12/2016 - 17:10 • Última modificação: 01/12/2016 - 17:33 Escrito por: CUT RJ Publicado em: 01/12/2016 - 17:10 Última modificação: 01/12/2016 - 17:33

CUT RJ

Dilma: “As mulheres da CUT decidiram que podem e são protagonistas”.


Na noite desta quarta-feira (30), a presidenta eleita Dilma Rousseff participou do encontro que celebrou os 30 anos de políticas para mulheres da CUT, realizado em São Paulo, na sede nacional da Central.

Durante seu discurso, a presidenta falou da importância de sua eleição para as mulheres brasileiras. “Eu pude demonstrar que nós podemos. Cada uma de nós tem o poder de ser. As mulheres da CUT decidiram em 1986 que podem e são protagonistas de sua luta”, afirmou Dilma.

Leia mais
 

Polícia impede protesto de petroleiros no Centro do Rio

Na manhã desta quarta-feira (30), durante a realização de um protesto na porta da sede da Transpetro, Centro do Rio Janeiro, petroleiros integrantes do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) foram impedidos de realizar um ato contra o desmonte do sistema Petrobrás após uma abordagem da Polícia Militar.

Cerca de seis PMs comandados pelo oficial major Castro, do 5º Batalhão da Praça da Harmonia, Região Portuária do Rio, retiraram à força faixas que denunciavam o processo de privatização e fatiamento da Petrobrás. Ainda, durante a confusão o oficial comandante da ação tentou impedir o trabalho de repórter fotográfico do Sindipetro-RJ: “Saiam da entrada do prédio ou ordeno a prisão de vocês.”

Leia mais

 

CUT Rio expande cursos de formação em novas mídias

No último dia 23 de novembro, aconteceu em Duque de Caxias, mais um curso de da Secretaria de Formação da CUT Rio em integração com a Secretaria de Comunicação. O objetivo é fortalecer os laços dos sindicatos cutistas e apresentar novas ferramentas, além de aprimorar e reciclar o jeito como se usam as clássicas.

Leia mais

 

Nunca foi tão necessário o legado deixado por Fidel

Em meio a tantas dificuldades e desafios que afligem a classe trabalhadora no mundo todo, quis o destino que 2016 fosse marcado também pela partida de Fidel Castro, o último grande líder revolucionário socialista do século passado que ainda convivia entre nós.

Viveu 90 anos lutando contra a opressão do capital e do imperialismo, tornando-se com o seu exemplo uma figura quase que lendária para as gerações de jovens que se inspiraram nos ideais da revolução cubana.

Leia mais

 

Estudantes e trabalhadores são violentamente reprimidos pela polícia, em Brasília, na manifestação contra a PEC 55

A PEC 55 foi aprovada no dia 29 de novembro, em primeiro turno, pelo Senado. Do lado de dentro do Congresso, com galerias vazias, os parlamentares deram 61 votos a favor contra apenas 14 votos contrários. Do lado de fora, cerca de 50 mil manifestantes foram duramente reprimidos pelas forças policiais. Cavalarias, bombas de gás lacrimogênio, cassetetes, balas de borracha, helicópteros à espreita, violência física contra jovens e idosos, pessoas feridas e detidas foram a resposta do governo golpista à resistência à PEC 55, que congela investimentos sociais por 20 anos.

Leia mais

Título: Batendo Ponto - 12 Edição | 25/11 a 01/12, Conteúdo: Dilma: “As mulheres da CUT decidiram que podem e são protagonistas”. Na noite desta quarta-feira (30), a presidenta eleita Dilma Rousseff participou do encontro que celebrou os 30 anos de políticas para mulheres da CUT, realizado em São Paulo, na sede nacional da Central. Durante seu discurso, a presidenta falou da importância de sua eleição para as mulheres brasileiras. “Eu pude demonstrar que nós podemos. Cada uma de nós tem o poder de ser. As mulheres da CUT decidiram em 1986 que podem e são protagonistas de sua luta”, afirmou Dilma. Leia mais   Polícia impede protesto de petroleiros no Centro do Rio Na manhã desta quarta-feira (30), durante a realização de um protesto na porta da sede da Transpetro, Centro do Rio Janeiro, petroleiros integrantes do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) foram impedidos de realizar um ato contra o desmonte do sistema Petrobrás após uma abordagem da Polícia Militar. Cerca de seis PMs comandados pelo oficial major Castro, do 5º Batalhão da Praça da Harmonia, Região Portuária do Rio, retiraram à força faixas que denunciavam o processo de privatização e fatiamento da Petrobrás. Ainda, durante a confusão o oficial comandante da ação tentou impedir o trabalho de repórter fotográfico do Sindipetro-RJ: “Saiam da entrada do prédio ou ordeno a prisão de vocês.” Leia mais   CUT Rio expande cursos de formação em novas mídias No último dia 23 de novembro, aconteceu em Duque de Caxias, mais um curso de da Secretaria de Formação da CUT Rio em integração com a Secretaria de Comunicação. O objetivo é fortalecer os laços dos sindicatos cutistas e apresentar novas ferramentas, além de aprimorar e reciclar o jeito como se usam as clássicas. Leia mais   Nunca foi tão necessário o legado deixado por Fidel Em meio a tantas dificuldades e desafios que afligem a classe trabalhadora no mundo todo, quis o destino que 2016 fosse marcado também pela partida de Fidel Castro, o último grande líder revolucionário socialista do século passado que ainda convivia entre nós. Viveu 90 anos lutando contra a opressão do capital e do imperialismo, tornando-se com o seu exemplo uma figura quase que lendária para as gerações de jovens que se inspiraram nos ideais da revolução cubana. Leia mais   Estudantes e trabalhadores são violentamente reprimidos pela polícia, em Brasília, na manifestação contra a PEC 55 A PEC 55 foi aprovada no dia 29 de novembro, em primeiro turno, pelo Senado. Do lado de dentro do Congresso, com galerias vazias, os parlamentares deram 61 votos a favor contra apenas 14 votos contrários. Do lado de fora, cerca de 50 mil manifestantes foram duramente reprimidos pelas forças policiais. Cavalarias, bombas de gás lacrimogênio, cassetetes, balas de borracha, helicópteros à espreita, violência física contra jovens e idosos, pessoas feridas e detidas foram a resposta do governo golpista à resistência à PEC 55, que congela investimentos sociais por 20 anos. Leia mais



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.