Batendo Ponto - 7ª Edição | 21/10 a 27/10

Confira as notícias da semana

Escrito por: CUT RJ • Publicado em: 27/10/2016 - 15:45 • Última modificação: 27/10/2016 - 16:31 Escrito por: CUT RJ Publicado em: 27/10/2016 - 15:45 Última modificação: 27/10/2016 - 16:31

CUT RJ

Multidão protesta no Centro do Rio contra a PEC 241

Cerca de 15 mil pessoas caminharam da Candelária à Cinelândia para denunciar o congelamento dos gastos sociais por 20 anos. O protesto contra a PEC 241, ou PEC do Fim do Mundo, ou PEC da Morte, tomou toda a Avenida Rio Branco, na noite da última segunda-feira, 24 de outubro. Isso só costuma acontecer nas grandes manifestações.

Leia mais

 

Definido o tema do 11º Congresso de Sindicatos dos Engenheiros

"Resistir em defesa da engenharia e da soberania nacional" é o tema central definido para o 11º Congresso Nacional de Sindicatos de Engenheiros (Consenge). A decisão foi aprovada durante a reunião do Conselho Deliberativo da Fisenge, realizada no dia 14 de outubro. Os outros temas escolhidos foram "Proteção social e do trabalho" e "O desenvolvimento e a soberania nacional". 

Leia mais

 

Lagos Rio demite em massa e dá calote nos trabalhadores

Mais uma dita Organização Social mostra a face cruel da terceirização de serviços essenciais como a saúde. A OS Lagos Rio, responsável pela gestão de várias UPAS, demitiu cerca de 400 servidores, entre enfermeiros, médicos, nutricionistas e assistentes sociais. A OS deu o calote e não pagou as verbas sociais. 

Leia mais

 

Bancários: contribuição assistencial é para manter sindicato forte

Em função da mais longa greve da história da categoria, os bancários arrancaram um acordo que garante, além de reajuste e abono este ano, reposição das perdas dos próximos 12 meses, mas aumento real em 2017. O sindicato colocou toda a sua estrutura em ação, o que gerou grandes gastos. Por isso, a contribuição sindical é fundamental.

Leia mais

 

É preciso defender a Petrobras de sua diretoria

Ainda não estão claros os objetivos do memorando assinado neste dia 24 entre a Petrobras e a petroleira francesa Total, na Rio Oil & Gás 2016, no Riocentro, no Rio. Embora os propósitos desse acordo não estejam transparentes, o diretor de Relações Internacionais e de Movimentos Sociais da FUP, João Antonio de Moraes, considera que a categoria deve se manter alerta.

Leia mais

Título: Batendo Ponto - 7ª Edição | 21/10 a 27/10, Conteúdo: Multidão protesta no Centro do Rio contra a PEC 241 Cerca de 15 mil pessoas caminharam da Candelária à Cinelândia para denunciar o congelamento dos gastos sociais por 20 anos. O protesto contra a PEC 241, ou PEC do Fim do Mundo, ou PEC da Morte, tomou toda a Avenida Rio Branco, na noite da última segunda-feira, 24 de outubro. Isso só costuma acontecer nas grandes manifestações. Leia mais   Definido o tema do 11º Congresso de Sindicatos dos Engenheiros Resistir em defesa da engenharia e da soberania nacional é o tema central definido para o 11º Congresso Nacional de Sindicatos de Engenheiros (Consenge). A decisão foi aprovada durante a reunião do Conselho Deliberativo da Fisenge, realizada no dia 14 de outubro. Os outros temas escolhidos foram Proteção social e do trabalho e O desenvolvimento e a soberania nacional.  Leia mais   Lagos Rio demite em massa e dá calote nos trabalhadores Mais uma dita Organização Social mostra a face cruel da terceirização de serviços essenciais como a saúde. A OS Lagos Rio, responsável pela gestão de várias UPAS, demitiu cerca de 400 servidores, entre enfermeiros, médicos, nutricionistas e assistentes sociais. A OS deu o calote e não pagou as verbas sociais.  Leia mais   Bancários: contribuição assistencial é para manter sindicato forte Em função da mais longa greve da história da categoria, os bancários arrancaram um acordo que garante, além de reajuste e abono este ano, reposição das perdas dos próximos 12 meses, mas aumento real em 2017. O sindicato colocou toda a sua estrutura em ação, o que gerou grandes gastos. Por isso, a contribuição sindical é fundamental. Leia mais   É preciso defender a Petrobras de sua diretoria Ainda não estão claros os objetivos do memorando assinado neste dia 24 entre a Petrobras e a petroleira francesa Total, na Rio Oil & Gás 2016, no Riocentro, no Rio. Embora os propósitos desse acordo não estejam transparentes, o diretor de Relações Internacionais e de Movimentos Sociais da FUP, João Antonio de Moraes, considera que a categoria deve se manter alerta. Leia mais



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.