Batendo Ponto - 8ª Edição | 28/10 a 03/11

Confira as notícias da semana

Escrito por: CUT RJ • Publicado em: 03/11/2016 - 16:39 • Última modificação: 03/11/2016 - 16:41 Escrito por: CUT RJ Publicado em: 03/11/2016 - 16:39 Última modificação: 03/11/2016 - 16:41

CUT RJ

Paralisação arranca negociação com diretoria da Previ

Surtiu efeito a paralisação de 24 horas realizada na quinta-feira (27) pelos funcionários da Previ, em protesto contra a devolução arbitrária da funcionária Jaqueline Ferreira para o Banco do Brasil. Na segunda (31), o Sindicato dos Bancários do Rio participou de uma reunião com o presidente da Previ, Gueitiro Matsuo Genso, para tratar do assunto.

Leia mais

 

Retração da economia aprofunda deterioração do mercado de trabalho

Aumenta o desemprego e diminuem os rendimentos dos trabalhadores. Os indicadores mais gerais de desempenho apontam, em 2016, para a deterioração geral do mercado de trabalho, com aumento de desemprego e queda do rendimento real dos trabalhadores e trabalhadoras. Esse comportamento é resultado do processo recessivo que se encontra a economia brasileira.

Leia mais

 

"Ocupamos porque acreditamos no futuro do Brasil"

O discurso da estudante Ana Júlia Pires tomou conta das redes sociais. Ele foi chamada para falar na Assembleia Legislativa do Paraná sobre a mobilização que já ocupa cerca de 800 escolas no estado. Aluna do Colégio Estadual Senador Manuel Guimarães, em Curitiba, a adolescente de 16 anos fez questão de defender a legitimidade do movimento.

Leia mais

 

STF vota dia 9 de novembro a terceirização geral

Tramita hoje Legislativo, com amplo debate e resistência de trabalhadores de todo o país, uma proposta de legalizar a terceirização das "atividades-fim". Mas o STF pode passar por cima de tudo isso. A ação a ser julgada foi movida pela empresa Cenibra (MG). Se o Supremo liberar a terceirização abre um precedente com consequências terríveis para os trabalhadores.

Leia mais

 

Denúncia do NF faz Petrobras suspender bloqueio da internet

Após o Sindipetro-NF publicar notícia sobre o bloqueio que a Petrobras fez ao ao acesso à internet e webmails externos, a empresa voltou atrás e suspendeu a decisão. Muitos trabalhadores se mostraram insatisfeitos com a postura da empresa e se posicionaram contrários na intranet e no facebook do sindicato. 

Leia mais

Título: Batendo Ponto - 8ª Edição | 28/10 a 03/11, Conteúdo: Paralisação arranca negociação com diretoria da Previ Surtiu efeito a paralisação de 24 horas realizada na quinta-feira (27) pelos funcionários da Previ, em protesto contra a devolução arbitrária da funcionária Jaqueline Ferreira para o Banco do Brasil. Na segunda (31), o Sindicato dos Bancários do Rio participou de uma reunião com o presidente da Previ, Gueitiro Matsuo Genso, para tratar do assunto. Leia mais   Retração da economia aprofunda deterioração do mercado de trabalho Aumenta o desemprego e diminuem os rendimentos dos trabalhadores. Os indicadores mais gerais de desempenho apontam, em 2016, para a deterioração geral do mercado de trabalho, com aumento de desemprego e queda do rendimento real dos trabalhadores e trabalhadoras. Esse comportamento é resultado do processo recessivo que se encontra a economia brasileira. Leia mais   Ocupamos porque acreditamos no futuro do Brasil O discurso da estudante Ana Júlia Pires tomou conta das redes sociais. Ele foi chamada para falar na Assembleia Legislativa do Paraná sobre a mobilização que já ocupa cerca de 800 escolas no estado. Aluna do Colégio Estadual Senador Manuel Guimarães, em Curitiba, a adolescente de 16 anos fez questão de defender a legitimidade do movimento. Leia mais   STF vota dia 9 de novembro a terceirização geral Tramita hoje Legislativo, com amplo debate e resistência de trabalhadores de todo o país, uma proposta de legalizar a terceirização das atividades-fim. Mas o STF pode passar por cima de tudo isso. A ação a ser julgada foi movida pela empresa Cenibra (MG). Se o Supremo liberar a terceirização abre um precedente com consequências terríveis para os trabalhadores. Leia mais   Denúncia do NF faz Petrobras suspender bloqueio da internet Após o Sindipetro-NF publicar notícia sobre o bloqueio que a Petrobras fez ao ao acesso à internet e webmails externos, a empresa voltou atrás e suspendeu a decisão. Muitos trabalhadores se mostraram insatisfeitos com a postura da empresa e se posicionaram contrários na intranet e no facebook do sindicato.  Leia mais



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.