BATENDO PONTO ed.1 - 09/09 a 15/09

Confira as notícias da semana

Escrito por: CUT RJ • Publicado em: 16/09/2016 - 16:06 • Última modificação: 16/09/2016 - 17:50 Escrito por: CUT RJ Publicado em: 16/09/2016 - 16:06 Última modificação: 16/09/2016 - 17:50

CUT RJ

Passeata da Central até O Globo denuncia golpe e defende democracia

Cerca de 1.500 pessoas participaram nesta quarta-feira (14) do ato organizado pelas frentes Brasil Popular, Povo sem Medo e Esquerda Socialista. Da concentração, na Central do Brasil, os manifestantes seguiram até a sede do jornal O Globo. No contato com os trabalhadores, os militantes chamaram a atenção para os corte de direitos trabalhistas e previdenciários planejado pelo governo golpista. Em frente ao Globo, o protesto denunciou o papel central que as Organizações Globo tiveram no golpe de estado, repetindo 1964.

Leia mais

 

Projeto de privatização é um crime contra o povo

O anúncio do Programa de Parcerias de Investimento (PPI) foi mais um passo do golpista Temer rumo à redução do papel do Estado na economia. Ou seja, menos investimentos que garantam uma vida digna para a maioria dos brasileiros e brasileiras que mais necessitam de água, esgoto, educação e saúde pública de qualidade. A tal PPI é na verdade um conjunto de concessões e privatizações dos portos, aeroportos, energia elétrica, pré-sal e até da água.

Leia mais

 

Bancários : Greve mais forte é a única saída

O desrespeito com os bancários foi a marca do comportamento da Fenaban na sétima rodada de negociação com o Comando Nacional de Greve, na última terça-feira (13/9), em São Paulo. Não houve qualquer avanço. Mesmo tendo os maiores lucros entre todos os setores da economia, os bancos insistiram na proposta rebaixada de 7% de reajuste e abono de R$ 3,3 mil, já rejeitada na mesa pelo Comando por não repor sequer a perda inflacionária, arrochando os salários.

Leia mais

 

22 de setembro : Dia Nacional de Luta e Paralisações rumo à greve geral

No Rio de Janeiro, está confirmada uma manifestação às 17h, com concentração na Candelária e passeata até a Alerj. O ato está sendo organizado pela CUT, CTB e as frentes Brasil Popular, Povo sem Medo e Esquerda Socialista. Com paralisações e mobilizações os trabalhadores pavimentarão o caminho para a greve geral, a ser deflagrada para impedir o corte de direitos trabalhistas e previdenciários tramados pelo governo golpista.

 

Marcelo Rodrigues: Diretas Já

A democracia brasileira foi ferida no peito. Talvez tenhamos hoje a maior crise institucional no país desde o golpe militar de 1964. A ascensão do conservadorismo e os ataques frontais aos governos de esquerda na América Latina ficaram claro desde o golpe que destituiu o presidente Fernando Lugo no Paraguai, em 2012 (...) Talvez a única forma de estancar o sangramento seja irmos às ruas e deixarmos que expresse mais uma vez a vontade popular através do voto.

Leia mais

Título: BATENDO PONTO ed.1 - 09/09 a 15/09, Conteúdo: Passeata da Central até O Globo denuncia golpe e defende democracia Cerca de 1.500 pessoas participaram nesta quarta-feira (14) do ato organizado pelas frentes Brasil Popular, Povo sem Medo e Esquerda Socialista. Da concentração, na Central do Brasil, os manifestantes seguiram até a sede do jornal O Globo. No contato com os trabalhadores, os militantes chamaram a atenção para os corte de direitos trabalhistas e previdenciários planejado pelo governo golpista. Em frente ao Globo, o protesto denunciou o papel central que as Organizações Globo tiveram no golpe de estado, repetindo 1964. Leia mais   Projeto de privatização é um crime contra o povo O anúncio do Programa de Parcerias de Investimento (PPI) foi mais um passo do golpista Temer rumo à redução do papel do Estado na economia. Ou seja, menos investimentos que garantam uma vida digna para a maioria dos brasileiros e brasileiras que mais necessitam de água, esgoto, educação e saúde pública de qualidade. A tal PPI é na verdade um conjunto de concessões e privatizações dos portos, aeroportos, energia elétrica, pré-sal e até da água. Leia mais   Bancários : Greve mais forte é a única saída O desrespeito com os bancários foi a marca do comportamento da Fenaban na sétima rodada de negociação com o Comando Nacional de Greve, na última terça-feira (13/9), em São Paulo. Não houve qualquer avanço. Mesmo tendo os maiores lucros entre todos os setores da economia, os bancos insistiram na proposta rebaixada de 7% de reajuste e abono de R$ 3,3 mil, já rejeitada na mesa pelo Comando por não repor sequer a perda inflacionária, arrochando os salários. Leia mais   22 de setembro : Dia Nacional de Luta e Paralisações rumo à greve geral No Rio de Janeiro, está confirmada uma manifestação às 17h, com concentração na Candelária e passeata até a Alerj. O ato está sendo organizado pela CUT, CTB e as frentes Brasil Popular, Povo sem Medo e Esquerda Socialista. Com paralisações e mobilizações os trabalhadores pavimentarão o caminho para a greve geral, a ser deflagrada para impedir o corte de direitos trabalhistas e previdenciários tramados pelo governo golpista.   Marcelo Rodrigues: Diretas Já A democracia brasileira foi ferida no peito. Talvez tenhamos hoje a maior crise institucional no país desde o golpe militar de 1964. A ascensão do conservadorismo e os ataques frontais aos governos de esquerda na América Latina ficaram claro desde o golpe que destituiu o presidente Fernando Lugo no Paraguai, em 2012 (...) Talvez a única forma de estancar o sangramento seja irmos às ruas e deixarmos que expresse mais uma vez a vontade popular através do voto. Leia mais



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.