Dia do Basta é marco para conscientização em massa

A ação descentralizada em diversas categorias acompanha a estratégia de estar junto do trabalhador e não esperar somente que o trabalhador venha até o ato

Escrito por: CUT Rio • Publicado em: 13/08/2018 - 17:42 Escrito por: CUT Rio Publicado em: 13/08/2018 - 17:42

Arquivo

O dia do Basta que aconteceu no último dia 10 de agosto foi um marco na conscientização do momento atual. Todos os trabalhadores já sentem na pele os efeitos do golpe e o termômetro dos debates na sociedade mostram que estão buscando respostas concretas para a resolução da crise generalizada que nos foi imposta. 

Os atos aconteceram desde o raiar do sol diretamente nos locais de trabalho, desde indústrias até o setor de serviços. A adesão de grandes categorias organizadas produzindo seus materiais específicos foi a chave para entregar um norte menos generalista para questões que atingem o dia-a-dia de cada setor. 

Ao fim do dia o tradicional ato unificado trouxe para a Praça XV todos que durante o dia fizeram seus esforços em mostrar que já esperamos por tempo demais, os problemas já ultrapassara há muito o limite que podemos suportar. O grito que sai da garganta de todos é BASTA!

Basta de Desemprego!
Basta de Redução de Direitos dos(das) Trabalhadores(as)!
Basta de Discriminação com a População Local!
Basta de Golpe pelos Corruptos desse Governo!
Basta de Privilégios ao Judiciário e Legislativo que são pagos com o dinheiro do suor de nossos impostos!
Basta de Privatização das Empresas Públicas!
Basta de Benesses a Empresários que não querem investir na produção!
Basta de Empresas que são contra o Brasil!

Título: Dia do Basta é marco para conscientização em massa, Conteúdo: O dia do Basta que aconteceu no último dia 10 de agosto foi um marco na conscientização do momento atual. Todos os trabalhadores já sentem na pele os efeitos do golpe e o termômetro dos debates na sociedade mostram que estão buscando respostas concretas para a resolução da crise generalizada que nos foi imposta.  Os atos aconteceram desde o raiar do sol diretamente nos locais de trabalho, desde indústrias até o setor de serviços. A adesão de grandes categorias organizadas produzindo seus materiais específicos foi a chave para entregar um norte menos generalista para questões que atingem o dia-a-dia de cada setor.  Ao fim do dia o tradicional ato unificado trouxe para a Praça XV todos que durante o dia fizeram seus esforços em mostrar que já esperamos por tempo demais, os problemas já ultrapassara há muito o limite que podemos suportar. O grito que sai da garganta de todos é BASTA! Basta de Desemprego! Basta de Redução de Direitos dos(das) Trabalhadores(as)! Basta de Discriminação com a População Local! Basta de Golpe pelos Corruptos desse Governo! Basta de Privilégios ao Judiciário e Legislativo que são pagos com o dinheiro do suor de nossos impostos! Basta de Privatização das Empresas Públicas! Basta de Benesses a Empresários que não querem investir na produção! Basta de Empresas que são contra o Brasil!



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.