Mudar para sair da crise: Alternativas para o Brasil voltar a crescer

Foi lançado no Rio de Janeiro o documento "Mudar para Sair da Crise: Alternativas para o Brasil voltar a crescer" com a presença de movimentos sociais e parlamentares.

Escrito por: CUT-RJ • Publicado em: 28/11/2015 - 15:09 • Última modificação: 28/11/2015 - 15:35 Escrito por: CUT-RJ Publicado em: 28/11/2015 - 15:09 Última modificação: 28/11/2015 - 15:35

Arquivo

Na noite da última sexta-feira (27) aconteceu o lançamento do documento Mudar para Sair da Crise: Alternativas para o Brasil voltar a crescer, no auditório da Cândido Mendes no Centro do Rio de Janeiro.

A iniciativa se destaca pela pluralidade em que é construída, com a organização de Brasil Debate, Centro Internacional Celso Furtado de Política para o Desenvolvimento, Fórum 21, Fundação Perseu Abramo, Plataforma Política Social, Le Monde Diplomatique Brasil e Rede Desenvolvimentista.

Compondo a mesa estavam diversos parlamentares como Waldeck Carneiro (deputado estadual), Reimont (vereador), Paulo Ramos (deputado estadual), Wadih Damous (deputado federal), Jandira Fegali (deputada federal), Roberto Requiao (senador), Lindbergh Faria (senador). Além das ilustres presenças de Carlos Lessa, Laura Carvalho e Marcio Pochman.

MST, MTST e a secretária de comunicação da CUT Rio, Duda Quiroga, também estiveram presentes nesta construção.

O documento ainda em desenvolvimento é um marco da resposta dos trabalhadores neste momento de crise. Mais do que a crítica, ele propõe soluções. Principalmente sugerindo o norte de atuação para enfrentar o golpismo. O embate deve ser direcionado a política econômica que impõe retrocessos aos avanços conquistados nos últimos 12 anos. A sociedade como um todo não pode aceitar de joelhos a agenda neoliberal como única solução para a retomada do crescimento. A fórmula que se encaminha é velha conhecida e joga sobre o ombro dos trabalhadores o ônus do processo.

Os debates sobre o documento seguirão ainda este ano e a próxima rodada será no dia 11 de dezembro.

Título: Mudar para sair da crise: Alternativas para o Brasil voltar a crescer, Conteúdo: Na noite da última sexta-feira (27) aconteceu o lançamento do documento Mudar para Sair da Crise: Alternativas para o Brasil voltar a crescer, no auditório da Cândido Mendes no Centro do Rio de Janeiro. A iniciativa se destaca pela pluralidade em que é construída, com a organização de Brasil Debate, Centro Internacional Celso Furtado de Política para o Desenvolvimento, Fórum 21, Fundação Perseu Abramo, Plataforma Política Social, Le Monde Diplomatique Brasil e Rede Desenvolvimentista. Compondo a mesa estavam diversos parlamentares como Waldeck Carneiro (deputado estadual), Reimont (vereador), Paulo Ramos (deputado estadual), Wadih Damous (deputado federal), Jandira Fegali (deputada federal), Roberto Requiao (senador), Lindbergh Faria (senador). Além das ilustres presenças de Carlos Lessa, Laura Carvalho e Marcio Pochman. MST, MTST e a secretária de comunicação da CUT Rio, Duda Quiroga, também estiveram presentes nesta construção. O documento ainda em desenvolvimento é um marco da resposta dos trabalhadores neste momento de crise. Mais do que a crítica, ele propõe soluções. Principalmente sugerindo o norte de atuação para enfrentar o golpismo. O embate deve ser direcionado a política econômica que impõe retrocessos aos avanços conquistados nos últimos 12 anos. A sociedade como um todo não pode aceitar de joelhos a agenda neoliberal como única solução para a retomada do crescimento. A fórmula que se encaminha é velha conhecida e joga sobre o ombro dos trabalhadores o ônus do processo. Os debates sobre o documento seguirão ainda este ano e a próxima rodada será no dia 11 de dezembro.



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.