Sindicato realiza passeata e ato em Campos dos Goytacazes

Escrito por: Sindicato dos Bancários de Campos dos Goytacazes • Publicado em: 20/07/2018 - 11:39 Escrito por: Sindicato dos Bancários de Campos dos Goytacazes Publicado em: 20/07/2018 - 11:39

Sindicato dos Bancários da Campos dos Goytacazes

O Sindicato dos Bancários de Campos dos Goytacazes e Região promoveu atividade na manhã desta quinta-feira, 19, na Avenida Pelinca, para informar a categoria sobre o calendário das rodadas de negociação do Comando Nacional com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O ato começou antes das 8h na Rua Barão de Miracema, em frente à agência da Caixa Econômica Federal.

Os dirigentes seguiram em passeata com faixas e o Caveirão dos Bancários, carro de som do Sindicato, junto com a Banda dos Bancários, até a esquina da Pelinca com a Voluntários da Pátria, onde aconteceu ato público em frente às agências do Banco do Brasil, Itaú e Santander. Houve distribuição de panfletos com as datas das rodadas de negociação, incluindo as pautas específicas dos bancos públicos.

O ato foi também de defesa das empresas públicas e de protesto contra a retirada de direitos da classe trabalhadora promovida pelo governo golpista de Michel Temer. "Estamos na expectativa de que possamos avançar em mais esta rodada de negociação, porque é impossível que os bancos sigam registrando lucros recordes e ao mesmo precarizando as condições de trabalho e prejudicando também os clientes", disse o presidente do Sindicato, Rafanele Alves Pereira.

Título: Sindicato realiza passeata e ato em Campos dos Goytacazes, Conteúdo: O Sindicato dos Bancários de Campos dos Goytacazes e Região promoveu atividade na manhã desta quinta-feira, 19, na Avenida Pelinca, para informar a categoria sobre o calendário das rodadas de negociação do Comando Nacional com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O ato começou antes das 8h na Rua Barão de Miracema, em frente à agência da Caixa Econômica Federal. Os dirigentes seguiram em passeata com faixas e o Caveirão dos Bancários, carro de som do Sindicato, junto com a Banda dos Bancários, até a esquina da Pelinca com a Voluntários da Pátria, onde aconteceu ato público em frente às agências do Banco do Brasil, Itaú e Santander. Houve distribuição de panfletos com as datas das rodadas de negociação, incluindo as pautas específicas dos bancos públicos. O ato foi também de defesa das empresas públicas e de protesto contra a retirada de direitos da classe trabalhadora promovida pelo governo golpista de Michel Temer. Estamos na expectativa de que possamos avançar em mais esta rodada de negociação, porque é impossível que os bancos sigam registrando lucros recordes e ao mesmo precarizando as condições de trabalho e prejudicando também os clientes, disse o presidente do Sindicato, Rafanele Alves Pereira.



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.