Vigilantes lançam Piso Nacional da categoria neste sábado (13), em Niterói

Acontece neste sábado (13) na Câmara de Vereadores de Niterói o lançamento da Campanha pelo Piso Nacional dos Vigilantes no Estado do Rio de Janeiro. O evento, que vai contar com a presença...

Escrito por: Willian Chaves - Assessoria de Comunicação • Publicado em: 12/09/2014 - 12:00 Escrito por: Willian Chaves - Assessoria de Comunicação Publicado em: 12/09/2014 - 12:00

Acontece neste sábado (13) na Câmara de Vereadores de Niterói o lançamento da Campanha pelo Piso Nacional dos Vigilantes no Estado do Rio de Janeiro. O evento, que vai contar com a presença de presidentes de sindicatos de todo país, autoridades e trabalhadores, defende um piso unificado de R$ 3 mil para a categoria. Depois da conquista do adicional de periculosidade, os vigilantes buscam vencer um novo desafio para garantir uma remuneração digna. A campanha é uma iniciativa da Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e sindicatos filiados. O presidente da entidade máxima da categoria, José Boaventura, vai participar do ato em Niterói. 

O lançamento é organizado pelo Sindicato dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo e região em conjunto com os Sindicatos dos Vigilantes de Petrópolis e região e de Duque de Caxias, a Federação Interestadual dos Vigilantes (FEVIG) e a CNTV. O início está marcado para as 09hs da manhã no plenário Brígido Tinoco da Câmara de Vereadores.

Piso Unificado de R$ 3.000

O valor de R$ 3 mil está inserido no plano de lutas de confederações e sindicatos e leva em consideração estudo do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos,) desgaste físico e mental resultado da atividade desenvolvida, entre outros fatores que apontam o valor como o mínimo justo para a categoria. 

Os Sindicatos convocam a categoria a se mobilizar pela aprovação do Projeto de Lei 4238/2012 do Senador Marcelo Crivela (RJ). O PL apresentado pelo Senador em 2012 foi aprovado no Senado com uma proposta de três pisos (de acordo com o grau de risco – máximo, médio e mínimo, nos valores de R$ 1.100, 950 e 800, respectivamente). Agora está na Câmara dos Deputados, que constituiu em maio último uma Comissão Especial. No dia 10 de junho a Comissão realizou uma audiência publica, com a nossa presença e a dos patrões. Os sindicatos defendem um piso único sem distinção de grau de risco. Os patrões até disseram já concordar com um piso nacional e único (sem variação de grau de risco), ficando o valor para a negociação na Câmara. 

Já confirmaram presença no Ato os Sindicatos de Vigilantes de Nilópolis e Mesquita, Sindicato de Itaguaí e Seropédica e o Sindesverj. 

Ato de Lançamento do Piso Nacional dos Vigilantes

Data: 13 de setembro

Horário: a partir das 9 horas

Local: Câmara de Vereadores de Niterói

Endereço: Av. Ernani do Amaral Peixoto 625, centro de Niterói/RJ

Título: Vigilantes lançam Piso Nacional da categoria neste sábado (13), em Niterói, Conteúdo: Acontece neste sábado (13) na Câmara de Vereadores de Niterói o lançamento da Campanha pelo Piso Nacional dos Vigilantes no Estado do Rio de Janeiro. O evento, que vai contar com a presença de presidentes de sindicatos de todo país, autoridades e trabalhadores, defende um piso unificado de R$ 3 mil para a categoria. Depois da conquista do adicional de periculosidade, os vigilantes buscam vencer um novo desafio para garantir uma remuneração digna. A campanha é uma iniciativa da Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e sindicatos filiados. O presidente da entidade máxima da categoria, José Boaventura, vai participar do ato em Niterói.  O lançamento é organizado pelo Sindicato dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo e região em conjunto com os Sindicatos dos Vigilantes de Petrópolis e região e de Duque de Caxias, a Federação Interestadual dos Vigilantes (FEVIG) e a CNTV. O início está marcado para as 09hs da manhã no plenário Brígido Tinoco da Câmara de Vereadores. Piso Unificado de R$ 3.000 O valor de R$ 3 mil está inserido no plano de lutas de confederações e sindicatos e leva em consideração estudo do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos,) desgaste físico e mental resultado da atividade desenvolvida, entre outros fatores que apontam o valor como o mínimo justo para a categoria.  Os Sindicatos convocam a categoria a se mobilizar pela aprovação do Projeto de Lei 4238/2012 do Senador Marcelo Crivela (RJ). O PL apresentado pelo Senador em 2012 foi aprovado no Senado com uma proposta de três pisos (de acordo com o grau de risco – máximo, médio e mínimo, nos valores de R$ 1.100, 950 e 800, respectivamente). Agora está na Câmara dos Deputados, que constituiu em maio último uma Comissão Especial. No dia 10 de junho a Comissão realizou uma audiência publica, com a nossa presença e a dos patrões. Os sindicatos defendem um piso único sem distinção de grau de risco. Os patrões até disseram já concordar com um piso nacional e único (sem variação de grau de risco), ficando o valor para a negociação na Câmara.  Já confirmaram presença no Ato os Sindicatos de Vigilantes de Nilópolis e Mesquita, Sindicato de Itaguaí e Seropédica e o Sindesverj.  Ato de Lançamento do Piso Nacional dos Vigilantes Data: 13 de setembro Horário: a partir das 9 horas Local: Câmara de Vereadores de Niterói Endereço: Av. Ernani do Amaral Peixoto 625, centro de Niterói/RJ



Informativo CUT RJ

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.